Arquitetura & Decoração

escritórios

Notícias

Preocupada em deixar o ambiente de trabalho aconchegante e agradável a arquiteta Gioiella Rosa foi ousada e mostrou muito bem sua identidade.

O “Escritório Sensações” projetado pela arquiteta Gioiella Rosa para mostra Morar Mais por Menos, que acontece no Shopping Crystal, em Curitiba mistura tendências com elementos de design atemporal. O conceito do espaço está relacionado aos cinco sentidos e vai além de um escritório convencional, oferece uma experimentação sensorial que surpreende, tem tecnologia na automação de sistema de som, uma fragrância especial feita especialmente para o ambiente, além do contraponto com elementos naturais que foram traduzidos nas tonalidades de verde no mobiliário e na decoração, aliando estética e função numa arquitetura de poucas e boas informações e um convite a prestar mais atenção a rotina de trabalho: INSPIRE, RESPIRE, NÃO PIRE.

O cotidiano moderno é mais dinâmico, mais movimentado e necessita de experiências autênticas, o profissional liberal e outros inúmeros tipos de profissionais que utilizam de escritório principalmente em casa, estão cada vez mais reféns da tecnologia digital e acabam passando muito tempo dentro desses ambientes então pensamos em uma arquitetura humanizada com uma composição que acompanha esse ritmo. A preocupação com a ergonomia está presente na altura ideal da mesa de trabalho, na cadeira Aeron da HermanMiller que define as expectativas de conforto a mais de 20 anos através da tecnologia PostureFit SL que garante a posição ideal além de fornecer suporte à lombar e estabilidade a base da coluna. As poltronas dos visitantes são da Bolis Design, com pés giratórios proporcionando equilíbrio e mobilidade.

Além disso sabemos que ao longo do dia é imprescindível a movimentação do profissional, foi criado o cantinho de descompressão para dar uma pausa no trabalho e aproveitar um pouco da poltrona Ber e dos puffs Hiran (ambos da Bolis Desing) ou até mesmo para desenvolver uma atividade mais dinâmica.

Com o uso de diferentes texturas nas paredes, destaque para o painel customizado com peças da linha Opus da Rerthy sobre o efeito marmorato tubarão cinza da Suvinil, bem como para a cortina em linho sintético com xale em macramê, a profissional induz os visitantes a experimentar cada detalhe.

O ambiente conta com móveis de autoria da arquiteta, que apostou na versatilidade da cor coral de forma marcante na serralheria, uma cor vibrante e suave ao mesmo tempo, em conjunto com a flexibilidade e leveza da marcenaria aproveitando o espaço, equilibrados sobre uma base de tonalidade cinza.

O projeto valoriza, ainda, a brasilidade e os artistas locais, destaque para o lustre feito de resíduos de níquel e cristais multifacetados de descarte e também para as telas da artista Raquel Lima, numa delas compôs uma releitura da foto de Sharbat Gula (menina afegã) que se tornou um símbolo do conflito entre afegãos e da situação dos refugiados por todo o mundo que ocorrem até os dias de hoje.

Conseguimos trazer para o projeto o astral de casa e aconchego, com pitadas de cores adocicadas numa composição que conversa com o usuário e estimula a produtividade, a concentração e a criatividade.

Instituição curitibana aposta em ações sociais e atividades para público interno

Em um País rico em recursos, mas carente de benefícios para a população, empresas e instituições assumem um papel ainda maior com a sociedade. As corporações passaram a pensar além do lucro, da geração de empregos e do pagamento de impostos, e boa parte já entendeu o poder que há na disseminação de ideias e na prestação de serviços à comunidade.

Uma gestão baseada em responsabilidade social empresarial é capaz de otimizar seu know-how e recursos materiais e humanos para promover o desenvolvimento sustentável e auxiliar na redução das desigualdades sociais. Um exemplo disso é o trabalho desenvolvido pelo Instituto das Cidades Inteligentes (ICI), organização que desenvolve e implementa soluções em Tecnologia da Informação e Comunicação para a gestão pública. Com sede em Curitiba (PR), a instituição firmou recentemente convênio com a Associação dos Deficientes Físicos do Paraná (ADFP) para promover melhorias em salas de treinamento e laboratório de informática, além de prestar assistência técnica para os equipamentos e realizar cursos de capacitação profissional para os assistidos pela associação.

Além desse projeto, o Instituto disponibiliza sistema de informações, infraestrutura lógica e suporte técnico nos eventos do programa Justiça no Bairro, promovido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná com o objetivo de facilitar o acesso de comunidades carentes a atendimento jurídico.

De acordo com o gestor de Responsabilidade Social do ICI, Ozires de Oliveira, ações como essas beneficiam também o clima organizacional. “Os colaboradores envolvidos nos projetos sentem-se realizados e mais motivados no ambiente de trabalho e no convívio social”, diz o gestor.

O espírito colaborativo propiciou também uma parceria com o projeto Brasil sem Frestas, que leva conforto térmico para pessoas em situação de vulnerabilidade social por meio do revestimento de suas casas com placas formadas por caixas vazias de leite. “Embora não esteja relacionada a serviços de tecnologia, a iniciativa tem alinhamento com o nosso propósito como instituição, que é trazer melhoria para a vida das pessoas”, comenta Ozires. Além de doar as embalagens consumidas no Instituto, o ICI serve de ponto de entrega de doações dos colaboradores e familiares, fomentando a arrecadação entre a comunidade. Ainda, está sendo montado um grupo de colaboradores voluntários para mutirões de costura e instalação das placas nas residências.

Ações internas com foco em sustentabilidade e qualidade de vida também são promovidas na organização. Palestras sobre práticas sustentáveis, como separação de lixo e prevenção ao suicídio (em comemoração ao Setembro Amarelo), campanhas para economia de energia, coleta de lixo eletrônico, incentivo à atividade física e feiras de produtos orgânicos são algumas das práticas desenvolvidas.

A instituição também inova nas ações com o objetivo de sensibilizar ainda mais as equipes: uma intervenção montada no hall do prédio mostrou a quantidade de copos plásticos consumidos pela empresa em apenas 45 dias – cerca de 24 mil unidades. Todos os colaboradores receberam canecas de cerâmica para reduzir o consumo de copos plásticos na instituição e, em três meses, o uso já caiu pela metade.

“Nosso negócio é desenvolver soluções para que a gestão pública possa otimizar os serviços e o atendimento à população. Extrapolar nossa missão para também melhorar a qualidade de vida dos colaboradores e participar ativamente de outras iniciativas só reforça os resultados que uma cultura colaborativa pode trazer para a sociedade”, comenta Oliveira. Segundo ele, os colaboradores estão levando as práticas aprendidas para os núcleos familiares e círculos de amigos, ampliando o impacto positivo.

 

Sobre o ICI

O ICI – Instituto das Cidades Inteligentes é uma organização criada em 1998, com atuação em todo o território nacional, referência em pesquisa, integração, desenvolvimento e implementação de soluções completas de TIC para a gestão pública. Mais informações: www.ici.curitiba.org.br.

Bate-papo na loja Reveev Colchões, em Balneário Camboriú com o tema Arquitetura com Conforto.

Ministrado pelo empresário Klaus Diether Glatz, que comanda a fábrica e algumas lojas exclusivas da marca, o encontro, acompanhado de café da manhã reuniu designers, arquitetos e convidados para um bate-papo descontraído e que falou sobre os desafios na escolha dos colchões, a engenharia do produto, customização e design, além da fidelização e benefícios para profissionais.

Para Klaus está foi uma oportunidade de aproximar a marca dos profissionais da região e apresentar as novidades da Reveev Colchões, empresa criada em São Bento do Sul, com mais de 10 anos no mercado. A Reveev é referência em decoração de luxo, com colchões que unem alta tecnologia, materiais de primeira linha e design sofisticado.

A loja fica no Casahall Design District.

 

Fotos: Carlos Alves

 

Evento de inauguração conta com palestra sobre a descoberta de papiros médicos

A palestra Medicina e os Papiros Médicos, que acontece nesta quarta-feira (4), marca a chegada do Instituto Menfis a Curitiba, uma organização sem fins lucrativos que tem como principal objetivo a divulgação científica de conhecimentos sobre o Egito antigo e outras civilizações.

O evento tem participação do professor Maurício Schneider, egiptólogo, historiador e doutor em arqueologia egípcia. O conteúdo da palestra aborda temas como a medicina faraônica, os papiros médicos, sistemática de consultório, hierarquia e especialidades.

Os ingressos custam R$80 e estão disponíveis na plataforma online Sympla. O evento acontece na quarta-feira, dia 4, às 19h, no Nex Curitiba (Rua Francisco Rocha, 198).

Serviço:

Medicina e os Papiros Médicos no Antigo Egito

Data: 4 de dezembro, às 19h

Local: Nex Curitiba (Rua Francisco Rocha, 198)

Ingressos: R$80 (www.sympla.com.br)

Mais informações: (41) 9 8828-5686

Em parceria com a Universidade Soka, de Tóquio, a Universidade Positivo lança, a partir de 2020, a disciplina eletiva Ciências para a Paz e Cidadania Global. Fundada em 1971 por Daisaku Ikeda, a Soka mantém, desde 2017, um convênio com a UP. Na matéria, inspirada na filosofia educacional Soka, os estudantes de graduação podem ter contato com as literaturas do próprio mestre Ikeda. De acordo com o professor que vai ministrar as aulas no Brasil, Melk Calabria, os alunos terão, ainda, contato com outros pensadores e personalidades importantes, que buscam caminhos para tornar a sociedade verdadeiramente humanística, prezando pela dignidade humana.

A Universidade de Soka possui convênio com 176 universidades em mais de 50 países. “Mais que uma mera parceria de intercâmbio universitário, trazer a filosofia de ensino Soka ao Brasil significa criar reais valores humanos para uma sociedade global, por meio de uma educação humanística. Ou seja, nossos alunos poderão vivenciar multiculturas, sempre tendo como pilar central a cultura humanística e despertando seu potencial, em busca de se tornar alguém que possa, de fato, fazer uma grande diferença na sociedade onde vive, por meio de ações voltadas para a paz mundial”, afirma Calabria.

Para marcar a parceria, uma sala de aula do bloco da Pós-Graduação foi relançada com o nome do professor Daisaku Ikeda.

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de Graduação presenciais, quatro cursos de Doutorado, sete cursos de Mestrado, mais de 190 programas de Especialização e MBA, sete cursos de idiomas e dezenas de programas de Extensão. A Universidade Positivo conta com três unidades em Curitiba, uma unidade em Londrina (PR), uma unidade em Joinville (SC), além de polos de Educação a Distância (EAD) em mais de 60 cidades espalhadas pelo Brasil. Em 2018, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric.  

 

Crédito imagem: Diego Wladyka

Apartamento Studio, de 35m², projetado para um artista. O ambiente foi pensado de forma funcional, aproveitando todos os espaços e criando os ambientes necessários para um bom convívio: sala de estar, jantar, cozinha, dormitório e home office. Mesmo pequeno, o espaço permite receber amigos para confraternização: espaços de convivência foram criados, além de uma oficina para o artista trabalhar e expor suas obras.

O conceito do projeto partiu da “mistura”: mistura de formas, texturas, cores, estilos, artistas e épocas, o que resultou num ambiente totalmente inusitado. 

O mobiliário solto, totalmente personalizado, é o grande destaque do projeto. Ele é produzido em compensado naval, que possui 13 lâminas, sendo que a combinação destas garante um acabamento e um conceito totalmente diferenciado para o móvel. Além disso, o compensado naval apresenta maior resistência e pode ser trabalhado com outros tipos de acabamento, como pintura em laca e fórmica, o que garante maior flexibilidade na hora de criar os móveis. 

Todo este mobiliário foi trabalhado em conceito paramétrico, que é o design que se utiliza de parâmetros e suas (inter)relações para definir formas.  Isso resultou num projeto com característica futurista, adicionou movimento ao espaço e contrasta com formas retas e mais tradicionais, reforçando o conceito de mistura.

Outros elementos aplicados, como o ripado no teto, também trazem ousadia e uma pegada descolada, enquanto esculturas, criadas pelas próprias arquitetas e designers, dão um toque de personalidade ao espaço. 

As cores utilizadas são cores tendência e de tonalidades quentes, baseada na paleta de cores chamada Anil: Mineral Antigo, do livro Cores na Decoração. A base amadeirada, presente no mobiliário e no piso, traz conforto visual, enquanto os toques de cores em pontos específicos do projeto trazem alegria e dão o ponto de start para as telas dos artistas convidados exporem suas obras no espaço. 

À cada semana, as arquitetas e designers trarão um artista para expor no ambiente e trazer diferentes propostas.

São 12 artistas no total:

Raquel Lima
Juliana Brustolin
Luiz de Souza
Rodrigo Ramon
Wesley Pablo
Glaucia Maysonnave Franck
César Wescher
Leonardo Gazzalle
Renato Torres
Camila Carpanezzi
Thiago Salcedo
Marcelo Pszybylski

 A ideia é homenagear os artistas que atuam em Curitiba, não destacando apenas um, mas as diferentes artes e profissionais. O projeto foi especialmente pensado para expor telas em grandes e pequenos formatos, de forma que estas estejam em evidência no apartamento. 

O resultado é um ambiente com diferentes estilos e personalidade a cada semana, que pode adaptar-se de acordo com a proposta artística do profissional que expor suas artes.  

BANHEIRO DO ARTISTA 

O ambiente de aproximadamente 5m² foi projetado de forma a causar impacto. O banheiro possui como característica original ser estreito e comprido, e para camuflar esse aspecto, foi aplicado espelho bronze em toda sua extensão. O banheiro literalmente dobra de tamanho e cria uma sensação de continuidade dos elementos ali aplicados.  

A ideia do banheiro preto e neutro em sua integridade foi quebrar o padrão do óbvio, já que cores em larga escala foram utilizadas no apartamento, e o esperado era que continuasse com esta linguagem também neste ambiente. 

A tela da Raquel Lima, aplicada no lugar do espelho, é o grande destaque do ambiente. A ideia é que quando a pessoa entrar, ao invés de observar a si mesma no espelho, observe a tela, como se ela estivesse enxergando a si mesma naquela obra.  

A ideia de spa e aconchego é algo inevitável quando se observa o jardim vertical, chuveiro no teto, seixos, cores escuras e iluminação intimista. A mistura de elementos rústicos e requintados, como cimento queimado em combinação com revestimento 3D e mármore, criam perfeita harmonia. Impacto e requinte são o resultado deste pequeno espaço. 

Plantas, sustentabilidade e aconchego: arquiteta apresenta “Apartamento dos Avós” na mostra Morar Mais por Menos

Um apartamento aconchegante, acessível e que remete ao laço entre avós e netos: esse é o conceito do “Apartamento dos Avós”, espaço criado pela arquiteta Ana Johns para mostra Morar Mais por Menos, que acontece no Shopping Crystal, em Curitiba. Com detalhes que garantem a segurança dos idosos e a essência que só a casa dos avós tem, o projeto valoriza, ainda, a brasilidade e os artistas locais.

A proposta da arquiteta abrange a área gourmet e a varanda de um apartamento de 50 m². “A varanda foi pensada a partir da relação que os idosos costumam ter com a natureza. Em geral, os jardins da casa dos avós são sempre especiais e trazem aconchego ao espaço. Além disso, a parceria com a loja Maragno, que cedeu os móveis para a cozinha, nos deu a ideia de criar uma área gourmet, onde toda a família pode estar reunida”, pontua a profissional.

Desta maneira, Ana Johns transformou ambos os espaços em uma verdadeira reunião familiar, com possibilidade para que os idosos recebam os filhos e netos sem perder a segurança. “Desenhamos um tapete no piso com o próprio revestimento, para não usar tapetes soltos, além optar por um porcelanato com textura natural, que é menos escorregadio. Também deixamos o ambiente bem iluminado e com um bom espaço de circulação, além de incluir suportes de canos ao lado do sofá de pallets, para que os idosos consigam se segurar e levantar com tranquilidade”, conta. De acordo com a arquiteta, todas as escolhas têm preços acessíveis para que as pessoas possam reproduzir sem estourar o orçamento.

A brasilidade do espaço ficou por conta da escolha para a parede: sem revestimento, a estrutura será pintada e contará com um mural executado pela artista plástica Ju Maia. “O tema da arte será família e ela irá trazer isso de uma forma diferenciada e original”. A decoração também terá detalhes sustentáveis e criativos, especialmente para área da varanda. “Essa área foi pensada de forma descontraída. Iremos criar um sofá de pallets, vasos reaproveitando materiais, pufes de tricô e outros elementos decorativos. Um dos destaques é uma a cadeira de balanço antiga, pertencente à minha família, que completa o ambiente”, explica.

Além da loja Maragno, também são parceiros da arquiteta as lojas Maxflex, Madvei, Revesttir, Raffinatto, Blest Iluminação, Scrock Pisos de Madeira e Adorniê, assim como as artistas Ju Maia e Raquel Lima, e os profissionais da A Casa Verdinha, Fridas Von Hand e Canário Handmade. A mostra Morar Mais por Menos acontece entre os dias 1º de novembro e 8 de dezembro, no Shopping Crystal, em Curitiba. Os ingressos estão à venda na Sympla, e variam entre R$ 20 e R$ 35.

Sobre Ana Johns Arquitetura:

Ana Johns é arquiteta e urbanista formada pela Universidade Positivo e mestre em Sustentabilidade e Arquitetura Nórdica pela Universidade de Aalborg, na Dinamarca. Com experiência no ramo desde 2008, a profissional já desenvolveu trabalhos internacionais – no escritório Carvalho Araújo, em Portugal – além de atuar em diversos escritórios renomados em Curitiba, como o Maganhoto e Casagrande onde exerceu a função de gerente de projetos na área de arquitetura de interiores. Com essa visão diferenciada e ampliada da arquitetura, no início de 2016 fundou o escritório Ana Johns Arquitetura, com o objetivo de desenvolver de forma consciente projetos em todas as escalas.

Serviço:
Data: Até 08 de dez
Horários: Terça à sábado: 10h às 22h | Domingos e feriados: 14h às 20h
Local: Shopping Crystal – Rua Comendador Araújo, 731 – Batel, Curitiba – PR – PISO G1
Ingressos: https://www.sympla.com.br/morar-mais-curitiba__632412

Sabe por que? Porque luz é tudo!!
Sempre digo que a luz aplicada de forma correta ajuda as pessoas se integrarem melhor ao ambiente.
Quantas vezes nos deparamos com sensações de bem estar em um espaço e nem nos damos conta que a luz intervém e muito para esta sensação.
Um profissional de iluminação especializado, sabe discernir qual lâmpada, qual intensidade de luz aplicar em cada ambiente.
Mas para isto deve-se ter conhecimento do efeito que está luz dará. Hoje com a era tecnológica, as lâmpadas e suas matizes, também estão em constante mudança.
Nós profissionais quase enlouquecemos com tanta novidade e expertise que nos é apresentada a toda hora. E cabe a nós intervir na melhor maneira de deixar nosso cliente plenamente satisfeito.

Sabe uma das coisas que mais me deixam em polvorosa?
Lojas em shopping sendo pessimamente iluminadas e faço isto um alerta. Porque a luz ajuda a vender. A luz provoca encantamento ao cliente e se ela não for eficiente todo o trabalho de obra, decoração e design, posso dizer que será comprometido . Para iluminar bem, não é só socar lâmpadas nos espaços. Muitas vezes vemos verdadeiros “queijos suíços “em loja no teto, devido à quantidade exagerada de luminárias e com certeza neste caso com iluminação deficiente .
Por isto, ao fazer seu orçamento, tuas escolhas, exija qualidade e economia, porque podemos economizar muito para o cliente ao longo do tempo, utilizando produtos de qualidade e alta eficiência. Iluminação correta não é quantidade e sim qualidade.

Pense nisto !!!!

Adriana Sypniewski
Empresária e Lighting Designer proprietária da Grey House Iluminação
Rua Noel Rosa 61 – Curitiba/PR
41 | 3336-4159

Na 5ª edição da Casa Vogue Experience, que aconteceu em outubro, evento no qual a Casa Vogue abriu as portas de uma casa toda decorada para que o público ficasse por dentro das últimas tendências em decoração e design. Os visitantes também tinham acesso a uma programação diária de palestras e workshops sobre o universo da casa, arquitetura, bem-estar, gastronomia e muito mais.

Uma casa de 1954, com 1800 m², no Jardim Europa foi decorada pela equipe da Casa Vogue e seus espaços abrigaram palestras com temáticas como sustentabilidade, Amazônia, cores e paisagismo. Cada cômodo foi pensado para surpreender o público e ganhou decoração de designers nacionais e internacionais, em ambientes decorados com móveis, objetos, obras de arte, revestimentos e muita cor.

Quem teve uma de suas peças escolhidas pela curadoria da Vogue para compor um dos ambientes foi a Designer catarinense Linda Martins, que junto com a irmã e sócia Linda Cris Araújo comandaram a Maraú Design Studio, em Balneário Camboriú. Linda Martins debuta na Casa Vogue Experience com uma de suas peças especiais, o Bar Wood, criação atemporal, feita em madeira maciça e ferro, uma obra para passar de geração para geração.

As irmãs também participam da CASACOR SC, onde assinaram a loja Mels Brushes – La Vie en Fleur.

Fotos: Divulgação

 

Serviço de automação cresce e se populariza nos lares brasileiros

Foi-se o tempo que a tecnologia numa residência se resumia a portão eletrônico, ar-condicionado, câmeras de segurança ou cerca-elétrica. O sistema de automação chegou com tudo e é capaz de coisas extraordinárias dentro de um imóvel. Imagine que, antes mesmo de chegar em casa, com um simples comando de voz, ou acessando um aplicativo você consiga abrir suas cortinas, acender a luz e até mesmo ligar a lareira. Ou ainda aquecer o piso, ligar a cafeteira e o ar-condicionado, ou encher a banheira. Parece coisa de filme de ficção científica, mas esta tecnologia já é realidade e possível graças a automação.
Amante da tecnologia, há mais de 10 anos Juliano Mafra transformou a paixão em negócio, quando abriu a Foco Áudio & Vídeo. O empresário explica que sempre gostou desta área e resolveu investir no ramo de áudio e vídeo, um mercado que só cresce no país.
Apostando no crescimento da região e na indústria da construção civil, Juliano decidiu montar a loja em Itapema, que nos últimos tempos vem crescendo significativamente e absorvendo este tipo de serviço. “As possibilidades tecnológicas para condomínios, por exemplo, são inúmeras, tanto para as áreas comuns quanto nos apartamentos e o litoral é um mercado em expansão neste segmento”, comemora o empresário.
Juliano explica que o mercado da automação está cada vez mais acessível às residências trazendo conforto e praticidade para as famílias e ajudando no consumo de energia. “Hoje é simples ter um lar totalmente automatizado, no que chamamos de Smart House. Dá pra instalar desde uma sala de cinema em casa, até configurar comandos para atender todos os cômodos, como cortinas, lareiras, áudio e vídeo, eletroeletrônicos, acessar câmeras ou iluminar o jardim. Tudo sem estar em casa”, explica.
O conceito de Smart House consiste na conversão de uma residência comum em uma residência inteligente através do uso da tecnologia e inteligência artificial, o que agrega valor ao imóvel, proporciona conforto, praticidade e maior segurança aos moradores. Uma Smart House, além de racionalizar o consumo de energia, agrega de 5% a 15% no valor final do imóvel dependendo de seu grau de automação.
A Foco Áudio & Vídeo é especialista no segmento de áudio e vídeo, ponto forte dos negócios e oferece aos clientes todo o suporte, desde o projeto, até a conclusão da instalação, com toda a assessoria necessária.

A loja fica no Bairro Meia Praia, Rua 244, número 239, em Itapema. Telefone: 47 99946-4664

Imagens: Divulgação

  CASACOR Paraná 2020 já tem data e local definidos. A 27ª edição paranaense da maior mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas ocorre de 15 de maio a 12 de julho, na Rua Álvaro Alvim, 91, Seminário. O endereço se trata do maior centro poliesportivo de Curitiba, o antigo “AQUACENTER BATEL”. Com a revitalização, os 8 mil m² serão distribuídos em dois setores, que receberão projetos de implantação dos setores residencial e infantil, respectivamente, dos renomados arquitetos Frederico Carstens e Antonio Gonçalves, da Realiza Arquitetura, e do carioca Duda Porto.

  Fazendo jus à proposta inovadora e disruptiva da mostra, a grande novidade para 2020 é o setor Kids, no qual as crianças serão as protagonistas. Em espaços lúdicos, ancorados a um jardim com bosque e casinha de brinquedos, os pequenos poderão usufruir de brincadeiras, atividades esportivas e muita tecnologia, além de contarem com operações gastronômicas voltadas exclusivamente para eles.

  Mais do que apresentar inspirações e soluções de décor, o setor também será uma opção de lazer para as famílias. A diretora da CASACOR Paraná, Marina Nessi, explica que será uma atmosfera de troca, “um local para as famílias recordarem sua infância, conviverem e se divertirem”, diz.

  Já no setor Unidades de Viver e Casa Sustentável, o objetivo é que os visitantes sejam impactados com uma reflexão sobre como habitar em um mundo cada vez mais globalizado, considerando pontos importantes como flexibilidade, adaptação e transformação. Nesses espaços comuns, a proposta é que diversas atividades cotidianas possam ser realizadas no mesmo lugar.

  Com foco no tema da CASACOR 2020, Coliving e Coworking, a mostra segue o movimento mundial de pensar espaços para o público jovem e suas novas demandas. “A partir da geração millenium, a tendência urbana é compartilhar espaços de morar e trabalhar. Queremos mostrar as soluções de arquitetura e interiores que acompanham esse movimento, estimulando integração, sustentabilidade e colaboração”, conta a diretora.

  Na CASACOR Paraná 2020, os talentos paranaenses criarão unidades de viver completamente equipadas. Os 70 ambientes de residência ancorados em unidades de lazer e convivência social compartilhada, bares e gastronomia. Para Marina Nessi, o grande desafio dos profissionais será quebrar a referência, “uma vez que a cada edição da mostra a CASACOR Paraná busca as melhores opções para brindar o público com inovações e ineditismo”, afirma.

  Nos 26 anos, a CASACOR Paraná recebeu mais de 600.000 visitantes que desfrutaram de seus espetáculos. Nessa trajetória, a mostra reuniu 791 arquitetos, designers, decoradores e paisagistas em 1.230 ambientes exibidos.

Serviço

Data: de 15 de maio a 12 de julho de 2020.
Endereço: Rua Álvaro Alvim, 91 – Seminário.
Horários: de terças à quintas-feiras, das 15 às 21h.
Nas sextas-feiras, CASACOR NIGHT – extensão do horário até as 23h.
Sábados e feriados, das 13 às 22h.
Domingos, das 13 às 19h.

Informações à imprensa

PRIME COMUNICAÇÃO
(41) 3022-5650 | (41) 98707-6150
nathalie@primecomunicacao.com.br
vanessa.gavilan@primecomunicacao.com.br
luciana.prieto@aprimecomunicacao.com.br
www.primecomunicacao.com.br

Colunistas

Scroll Up