Coluna: Paisagismo

Na veiculação de anúncios de lançamentos de empreendimentos imobiliários, seja em revista, jornais ou na internet, encontramos anúncios bem diferentes dos que eram veiculados há algum tempo atrás. Neles não encontramos mais destaque para informações como metragem dos apartamentos, ou a quantidade de quartos e outros itens como eram citados. Os anúncios atualmente descrevem com detalhes todos os espaços de lazer que o empreendimento oferece que incluem desde piscinas, sauna, espaço goumert até praças, pomar, espaço zen, deck, pérgula, espaço pet, quadra de esportes e muito mais.

Esta mudança de comportamento das construtoras e incorporadoras se deu porque eles perceberam que o cliente não esta mais a procura apenas de um apartamento, mas sim de qualidade de vida.

Com o ritmo corrido e estressante que todo mundo vive atualmente, há a necessidade de se ter um local onde se possa estar em contato com a natureza e com muitas opções de lazer, onde seja possível recarregar as baterias.

Então chegar até o cliente através das emoções e sentimentos é a melhor maneira de despertar nele a vontade de morar naquele empreendimento.

Este tipo de anúncio é feito para atingir o sistema límbico, que é a parte do cérebro responsável pelas emoções, enquanto que os antigos anúncios que falavam da área do apartamento e do número de quartos acessavam o cérebro racional, ou o neocórtex.

Depois de muitos estudos sobre o comportamento humano os neurocientistas descobriram que as decisões de compra são feitas muito mais por emoção do que pela razão e para atender a esta demanda, aliada as questões de segurança das grandes cidades, os empreendimentos passaram a ser considerados verdadeiros clubes, permitindo que se possa ter muitas opções de esporte e lazer dentro do próprio condomínio.

A partir desta mudança de comportamento dos compradores, o paisagismo deixou de ser apenas um item de valorização estética e passou a cumprir um papel fundamental, agregando valor ao empreendimento e levando qualidade de vida para seus moradores.

A concepção do projeto de paisagismo dos empreendimentos imobiliários passou então a ser baseado em conceitos predefinidos de acordo com o perfil do cliente e levando-se em conta itens de lazer que irão oferecer possibilidades diferenciadas para o futuro morador. Equipamentos para a prática de esporte e lazer passaram a ser obrigatórios nos projetos de paisagismo dos empreendimentos imobiliários e em empreendimentos corporativos a presença de lounges externos tornou-se comum.

Dessa forma os conhecimentos do paisagista tornaram-se fundamentais para a valorização dos empreendimentos imobiliários. Com a abordagem multidisciplinar que o paisagismo exige, o paisagista utiliza os diversos elementos arquitetônicos aliados à vegetação que irão proporcionar momentos de lazer e bem estar aos seus futuros moradores.

 

Assista ao vídeo “O que te leva a comprar” onde falo mais sobre o assunto.

youtube.com/watch?v=poCollWK-jg

Por Heloiza Rodrigues | Paisagista
41 | 3023-7076
41 | 99609-6579

Gazebos, pergolados ou bangalôs. Esses charmosos espaços ao ar livre cumprem inúmeras funções, que podem variar de um atraente local de lazer e descanso, a até mesmo uma boa oportunidade de contato com a natureza. Geralmente instalados em jardins, podem ser adornados com plantas diversas, envolvidos com tecidos ou simplesmente cobertos com vidro ou policarbonato. Mas engana-se quem pensa que eles ficam limitados a espaços restritos. Varandas e terraços também são ótimas opções para essa ambientação. Com a estrutura vazada a principal característica dos pergolados é o corte da incidência de luz direta. Já os gazebos e bangalôs trazem a cobertura totalmente fechada, com as laterais abertas. Seja qual for a escolha, essas estruturas agregam beleza, charme e sofisticação ao paisagismo.

Carregar mais
Scroll Up