Arquitetura & Decoração

escritórios

Com qual lâmpada eu vou?

Confira dicas preciosas para acertar na lâmpada correta para cada ambiente do seu projeto

Você está construindo ou reformando e chegou a hora de fazer a iluminação da sua casa, as lojas de iluminação oferecem uma gama de opções entre lâmpadas, pendentes, abajures e muito mais, tudo para deixar cada ambiente maravilhoso, mas você sabe qual a melhor escolha a se fazer para que a iluminação não seja um problema no seu projeto? Adriana Sypniewski, sócia-proprietária da Grey House Iluminação, empresa especializada no setor de Curitiba (PR), separou algumas dicas que podem ajudar na hora de escolher as melhores iluminações para a sua residência ou escritório:

1. Temperatura da luz
A temperatura da lâmpada é um elemento a ser considerado, já que ela poderá influenciar diretamente na sensação transmitida no ambiente. Ela é responsável por revelar a cor emitida pela fonte
da luz e é medida em Kelvin (K), sendo assim, quanto maior a temperatura da luz mais clara será a tonalidade que ela irá emitir. “As melhores opções serão sempre as lâmpadas de 3000k, pois elas se assemelham a luz natural, oferecendo neutralidade para o ambiente. Este modelo possui um índice de reprodução de cor de 80%”, destaca Adriana.
• Indicações: A temperatura de cor é utilizada para oferecer a cada ambiente uma personalidade, considerando que quanto mais quente a temperatura mais aconchegante será o local e vice-versa. Então, temperaturas entre 2400k à 3000k remetem a espaços relaxantes e confortáveis, ideais para salas de estar e dormitórios. Já as luzes que variam entre 4000k e 6100k estimulam os sentidos por serem mais claras, essas opções são perfeitas para ambientes de trabalho, cozinhas e escritórios.
• Dica: As lâmpadas com temperatura de 6000k passam a impressão de maior iluminação do espaço, pois visualmente aparentam ser mais intensas, porém essa temperatura costuma distorcer
completamente as cores. Evite essa opção, principalmente em banheiros ou locais que serão usados para maquiagem, pois ela poderá deixar a pessoa mais escura ou mais clara e a tonalidade da
maquiagem pode sair errada.

2. Uso das lâmpadas de LED
Uma das principais vantagens oferecidas pelas lâmpadas de LED é a economia, podendo ser até 12 vezes mais eficiente que as opções convencionais, já que o LED ilumina mais e consome menos,
podendo reduzir a conta de luz em até 80%. “As opções de lâmpadas de LED disponíveis no mercado possuem várias escalas de volts, sendo que as versões em torno de 9 e a 12w produzem a mesma intensidade de luz que a antiga lâmpada incandescente comum de 60w e 100w”, ressalta Adriana.
• Indicações: As lâmpadas de LED são indicadas para todos os ambientes e adereços que utilizam lâmpadas. Apenas lembrando, que a temperatura da cor é imprescindível e deve ser analisada
anteriormente, conforme o desejo do conceito do ambiente.
• Dica: Após avaliar a temperatura da cor da lâmpada, outra dica preciosa que oferecemos é observar se o ambiente será dimerizado, pois existem lâmpadas específicas para tal, assim como drivers
para fitas em LED. Estas têm que aguentar as variações impostas pela dimerização.

3. A melhor iluminação nos lavabos
“Um dos maiores problemas que percebemos com relação a iluminação é a aplicação errada em lavabos e suítes. Principalmente em espelhos, é preciso muito cuidado para que a luz esteja na posição correta, favorecendo a utilidade do objeto”, explica Adriana. Os espelhos são objetos cruciais nos lavabos e banheiros, então, uma boa iluminação deve ser feita, levando em conta, principalmente, o fato de ele ser utilizado pelos moradores para se arrumar e etc. Para não errar nessa hora, o ideal é utilizar uma luminária no teto, como placas em LED ou luminárias com luz geral sem sombras, bem no meio-centro da bancada em que o espelho está localizado. Além disso, o uso de luzes ao lado do espelho, lembrando a ideia das penteadeiras de teatros, é ideal para difundir a luz de forma correta na pessoa que o utiliza.
• Indicações: Lâmpadas e fitas de LED podem trazer ainda mais personalidade ao ambiente, principalmente se instaladas no gesso ou no mobiliário em madeira. “Dependendo da temperatura da cor, você pode proporcionar sensações de relaxamento na hora do banho ou, então, oferecer uma ideia de despertar para o banho da manhã antes do trabalho”, enfatiza Adriana.
• Dicas: Para iluminação dentro do box do banheiro procure LED Par 20, já que eles são ideais para centralizar a iluminação no local.

ÚLTIMAS COLUNAS

Confira 4 dicas preciosas para deixar o seu imóvel com o clima maravilhoso da estação

 

A primavera está chegando e com ela milhares de inspirações, entre cores, formas e produtos. É uma estação repleta de alegria, alto-astral e otimismo, perfeita para realizar mudanças em todos os âmbitos. Que tal começar essas transformações pela sua casa?

Uma boa forma de dar início a essas mudanças é buscando algumas inspirações. Mas, onde encontrá-las? Uma dica preciosa é usar a moda como referência! Segundo a consultora de moda Lilian Pacce, que esteve recentemente nos mais famosos desfiles internacionais e das mais renomadas grifes, para a Primavera/Verão de 2018 a grande aposta está nas estampas florais e nas cores, principalmente para a marcas Dundas e  Valentino. Já a queridinha grife Chanel vem com uma pegada mais elegante, cheio de referências da Grécia Antiga, com inspirações em tons neutros, estampas de folhas de louro e muito dourado.

Mas você deve estar se perguntando, como incluir isso na decoração da minha casa? Pensando nisso, preparamos 4 dicas preciosas para você aproveitar e deixar a sua casa na moda e preparada para receber a estações mais florida do ano. Confira:

 

  1. Cores

As cores são a forma mais prática de deixar qualquer ambiente na moda. A cor oficial de 2018 ainda não foi divulgada pela Pantone, porém a marca já adiantou que a tendência para o próximo ano serão os tons metálicos, perolados e intensos. Esses tons podem estar presentes em almofadas, cortinas, mantas, jogos de cama e pequenos objetos. A dica é usar as cores em cada cantinho da sua casa e em peças que você possa trocar com certa facilidade caso seja seu desejo posteriormente, uma vez que todo ano as tendências sofrem mudanças, não é mesmo? “Você pode investir nas cores da estação também em luminárias. Elas são peças coringas para qualquer ambiente e as marcas sempre estão em busca de inovação e mega antenadas nas mudanças de mercado, então aposte nesses objetos”, expõe Adriana Sypniewski, gerente comercial da Grey House Iluminação, empresa especializada no ramo, em Curitiba (PR).

  1. Aproprie-se da flora

Nada melhor do que trazer o clima primaveril para dentro de casa com plantas, flores e folhagens. Então, abuse desses artifícios da natureza para deixar a sua residência ainda mais incrível nessa estação. As plantas podem ser naturais ou artificiais e aparecer em vasos dos mais variados tamanhos. Além disso, elas podem estar em forma de estampas em papéis de parede, estofamentos, tapetes ou, então, em cúpulas de abajures, oferecendo um charme a mais para o ambiente. “Algumas plantinhas podem aparecer em formato de vasinhos, também, o que transmite ainda mais o clima de natureza, invista nessas ideias também”, destaca Adriana.

Uma dica extra que destacamos é a utilização de mini-hortas nas cozinhas. Você pode criar a sua própria em pequenos vasinhos que podem estar localizados na janela ou próximo a pia, e que darão muita vida e um ar de saúde para a sua cozinha, já que o cultivo dos os próprios temperos são um pontapé inicial para uma alimentação mais saudável.

  1. Fauna

Nessa época do ano os animais também são destaque ao lado das plantas e flores. Pássaros, borboletas e tudo o que remeta à liberdade são perfeitos para inspirar leveza, além de ótimas opções para transformar qualquer ambiente. Você pode utilizá-los em objetos para decorar mesas de jantar, mesinha de centro ou de canto, ou em luminárias! A Grey House Iluminação possui muitas novidades para essa primavera. Luminárias, arandelas, pendentes e abajures chegaram à loja com animais de todos os tipos. “Um dos destaque são para os pássaros no lugar das lâmpadas. São belíssimos e excelentes para integrar qualquer ambiente em que a intenção seja transmitir um conceito primaveril. Eles dão a sensação de estarem pousados em galhos, são lindos”, enfatiza Adriana.

  1. Velas

As velas também podem integrar a decoração para quem quer incluir o conceito de primavera, principalmente nas áreas externas, dentro de cachepôs ou vidros. Além de transmitirem conforto e bem-estar, são encontradas em várias formas, cores e tamanhos, e também com vários aromas. Que tal aproveitar, por exemplo, aquelas que possuem aromas florais para dar ainda mais um toque de primavera e deixar a sua casa com cheirinho de jardim? Bacana, né!

Caso você não tenha preferências pelas velas, uma boa opção é escolher luminárias de jardim com lâmpadas de temperatura quente, as de 3.000k, que são semelhantes em cores com as velas.

Scroll Up