Arquitetura & Decoração

escritórios

Com qual lâmpada eu vou?

Confira dicas preciosas para acertar na lâmpada correta para cada ambiente do seu projeto

Você está construindo ou reformando e chegou a hora de fazer a iluminação da sua casa, as lojas de iluminação oferecem uma gama de opções entre lâmpadas, pendentes, abajures e muito mais, tudo para deixar cada ambiente maravilhoso, mas você sabe qual a melhor escolha a se fazer para que a iluminação não seja um problema no seu projeto? Adriana Sypniewski, sócia-proprietária da Grey House Iluminação, empresa especializada no setor de Curitiba (PR), separou algumas dicas que podem ajudar na hora de escolher as melhores iluminações para a sua residência ou escritório:

1. Temperatura da luz
A temperatura da lâmpada é um elemento a ser considerado, já que ela poderá influenciar diretamente na sensação transmitida no ambiente. Ela é responsável por revelar a cor emitida pela fonte
da luz e é medida em Kelvin (K), sendo assim, quanto maior a temperatura da luz mais clara será a tonalidade que ela irá emitir. “As melhores opções serão sempre as lâmpadas de 3000k, pois elas se assemelham a luz natural, oferecendo neutralidade para o ambiente. Este modelo possui um índice de reprodução de cor de 80%”, destaca Adriana.
• Indicações: A temperatura de cor é utilizada para oferecer a cada ambiente uma personalidade, considerando que quanto mais quente a temperatura mais aconchegante será o local e vice-versa. Então, temperaturas entre 2400k à 3000k remetem a espaços relaxantes e confortáveis, ideais para salas de estar e dormitórios. Já as luzes que variam entre 4000k e 6100k estimulam os sentidos por serem mais claras, essas opções são perfeitas para ambientes de trabalho, cozinhas e escritórios.
• Dica: As lâmpadas com temperatura de 6000k passam a impressão de maior iluminação do espaço, pois visualmente aparentam ser mais intensas, porém essa temperatura costuma distorcer
completamente as cores. Evite essa opção, principalmente em banheiros ou locais que serão usados para maquiagem, pois ela poderá deixar a pessoa mais escura ou mais clara e a tonalidade da
maquiagem pode sair errada.

2. Uso das lâmpadas de LED
Uma das principais vantagens oferecidas pelas lâmpadas de LED é a economia, podendo ser até 12 vezes mais eficiente que as opções convencionais, já que o LED ilumina mais e consome menos,
podendo reduzir a conta de luz em até 80%. “As opções de lâmpadas de LED disponíveis no mercado possuem várias escalas de volts, sendo que as versões em torno de 9 e a 12w produzem a mesma intensidade de luz que a antiga lâmpada incandescente comum de 60w e 100w”, ressalta Adriana.
• Indicações: As lâmpadas de LED são indicadas para todos os ambientes e adereços que utilizam lâmpadas. Apenas lembrando, que a temperatura da cor é imprescindível e deve ser analisada
anteriormente, conforme o desejo do conceito do ambiente.
• Dica: Após avaliar a temperatura da cor da lâmpada, outra dica preciosa que oferecemos é observar se o ambiente será dimerizado, pois existem lâmpadas específicas para tal, assim como drivers
para fitas em LED. Estas têm que aguentar as variações impostas pela dimerização.

3. A melhor iluminação nos lavabos
“Um dos maiores problemas que percebemos com relação a iluminação é a aplicação errada em lavabos e suítes. Principalmente em espelhos, é preciso muito cuidado para que a luz esteja na posição correta, favorecendo a utilidade do objeto”, explica Adriana. Os espelhos são objetos cruciais nos lavabos e banheiros, então, uma boa iluminação deve ser feita, levando em conta, principalmente, o fato de ele ser utilizado pelos moradores para se arrumar e etc. Para não errar nessa hora, o ideal é utilizar uma luminária no teto, como placas em LED ou luminárias com luz geral sem sombras, bem no meio-centro da bancada em que o espelho está localizado. Além disso, o uso de luzes ao lado do espelho, lembrando a ideia das penteadeiras de teatros, é ideal para difundir a luz de forma correta na pessoa que o utiliza.
• Indicações: Lâmpadas e fitas de LED podem trazer ainda mais personalidade ao ambiente, principalmente se instaladas no gesso ou no mobiliário em madeira. “Dependendo da temperatura da cor, você pode proporcionar sensações de relaxamento na hora do banho ou, então, oferecer uma ideia de despertar para o banho da manhã antes do trabalho”, enfatiza Adriana.
• Dicas: Para iluminação dentro do box do banheiro procure LED Par 20, já que eles são ideais para centralizar a iluminação no local.

ÚLTIMAS COLUNAS

Scroll Up